DORIE ÀS SEXTAS- Hidden Berry Cream Cheese Tarte

DORIE ÀS SEXTAS- Hidden Berry Cream Cheese Tarte

Este é realmente o que se pode dizer de desafio…….Não o de fazer, mas sim o de apreciar para degustar.
Amo queijos em todas as suas versões salgadas…..porém tenho algumas restrições quanto ao seu uso em doces…..Até já fiz alguns cheesecakes, mas não posso dizer que adorei a fim de repetir sempre.  Então aproveitei esta oportunidade para tentar entender o porque?????
Os hábitos alimentares  são formados desde que somos pequenos, e os pais são os principais colaboradores para sua formação. Por esse motivo, é extremamente importante a educação nutricional, onde desde cedo aprendemos a importância de uma alimentação saudável e variada. O gosto é formado socialmente e, o nosso paladar e as escolhas dos alimentos que fazemos são determinados por fatores sociais.Talvez porque não fazia parte da cultura alimentar de meus pais, nunca era feito esse tipo de receitas em casa, na minha infância, o meu paladar reluta em aceitar essa combinação de queijo e doce.
Mas… como acho que devemos estar sempre abertos para novas experiências, conquistas, e apredizado de novos sabores e texturas, além de tentar sempre vencer as nossas restrições. Vou me despir de qualquer conceito e preconceito e degustar prazeirosamente a nossa receita.

INGREDIENTES

1¾ xicara de chá de farinha de trigo
½ xicara de chá de açúcar
¼ colher de chá de sal
12 colheres de sopa de manteiga fria
2 gemas grandes
1 colher de chá de extracto de baunilha
Para fazer a massa
Colocar a farinha, o açúcar e o sal num processador de alimentos e pulsar apenas para misturar. Acrescentar os pedaços de manteiga e misturar até ficar granulado.
Misturar as gemas e a baunilha com um garfo e adicionar, continuando a pulsar até que a massa fique em grumos, sem que se forme uma bola.
Se quiser enrolar a massa, junte-a numa bola, embrulhe-a em filme e leve-a à geladeira por aproximadamente 20 minutos.Ou, então, simplesmente pressione a massa numa forma de tarte (aro removível) com cerca de 23cm  untada e polvilhada com farinha. A massa deve cobrir o fundo da forma e subir até cerca de 3cm. Levar à geladeira durante pelo menos 30 minutos. Eu fiz a minha em forma de tartes pequenas, deu 3, o motivo foi para ficar menos recheio, sabem né?
Cobrir a massa com papel de alumínio untado com manteiga, colocar umas pedrinhas ou algum outro peso e levar ao forno pré-aquecido a 190º por 20 minutos. Retirar o papel e deixar dourar.   Depois tirar do forno e deixar esfriar.
 Recheio
⅓ xicara de chá de compota espessa de frutos vermelhos
255g  aproximadamente de queijo creme, à temp.ambiente
1 xicara de chá de queijo cottage, à temp. ambiente
¾ xicara de chá de açúcar
¼ colher de chá de sal
uma pitada de canela
uma pitada de noz moscada ralada
2 ovos  grandes
açúcar em pó para polvilhar
Para fazer o recheio
Misturar a compota e espalhá-la sobre a parte inferior da base, não há problema se a crosta ainda estiver quente.
Colocar o queijo creme e o queijo cottage no processador e, bater por 2 minutos, até ter uma mistura suave e acetinada. Adicionar o sal, açúcar e as especiarias e pulsar 30 segundos. Com a máquina ligada, adicionar os ovos. Colocar sobre a compota.
Vai ao forno 60 a 70 minutos, ou até que o recheio tenha uniformemente assado.
Esfriar dentro da forma, sobre uma grelha.Desenformar frio, com a ajuda de uma faca. Refrigerar a torta ligeiramente ou completamente antes de servir e polvilhar com açúcar em pó.
Eu coloquei por cima, um pouco da compota que sobrou…..

Torta feita, torta degustada…..e querem saber não foi tão difícil apreciá-la….A massa ficou deliciosa e crocante, sem ser muito doce….o recheio super suave….e a compota de frutas vermelhas deu o toque ligeiramente ácido perfeito!!!!
Embora sabendo que as pessoas vivem em mundos diferentes de intensidade de gostos, também sei que o tempo muda os hábitos e os comportamentos…..Enfim, o tempo altera não só a vida, mas os gostos da gente!     E o meu acho que começou a mudar…………

Bom Apetite

Gina

12 comentários sobre “DORIE ÀS SEXTAS- Hidden Berry Cream Cheese Tarte

  1. Gina, Gina, fizeste uma obra de arte. Que tarte fantasticamente bonita. Quanto aos gostos, realmente nunca é tarde para alterá-los. Quantas coisas que passei a gostar há relativamente pouco tempo e que não fizeram parte dos meus hábitos alimentares ao longo da minha vida A aplicação de queijos em doces, tal como tu, é uma delas.
    Beijinhos muito grandes da sua amiga
    Maria

  2. Gina, fui criada como vc, meus pais não tinham por hábito misturar alimentos doces com salgados, no docorrer dos anos começei a apreciar essa mistura de sabores, como por ex. frutas em saladas, mel em assados, e por aí afora. Sempre gostei do queijo aliado à compotas e frutas, desde o primeiro momento que experimentei a primeira vez. Mas tem certos alimentos que ainda não consigo gostar, se bem que tem alguns que nem consigo provar. Mas aos poucos vamos mudando nossos gostos. Adorei seu desafio, a tarte ficou lindissima, e o sabor com certeza superou todas suas expectativas. Excelente. Bjos amiga, um ótimo domingo pra vc e a Camilla

  3. Gina, eu adoro queijo, e essa tarte deve ser divinal. Já não parcicipo por duas vezes, tenho que me orientar e voltar ao desafio
    Um beijo e boa semana

    • Gisela
      Estamos sentindo sua falta no desafio da Dorie….Sua criatividade e interpretação fazem o desafio mais rico. Espero que sóbre um tempinho para podermos nos deliciar com suas receitas sempre tão deliciosas. Boa semana e um beijinho da Gina

  4. Querida Gina, bom dia!
    eu amo tudo que contém queijos, quando eu era criança todas as férias nós íamos para a fazenda dos meus pais, que hoje infelizmente são separados, mas fomos criados com muita fartura minha mãe era e é uma cozinheira de mão cheia.
    infelizmente a vida dá muitas voltas, tem homens que virão a cabeça depois que envelhecem, rsrs, este foi o caso do meu pai. Mas a fazenda continua e não com tanta fartura por falta de cuidados, os tempos das vacas gordas eram bons d+!
    Aqui em casa não tenho os mesmos hábitos alimentares que os meus pais tinham, pois minha mãe fazia muitas comidas gordurosas e doces de todas a formas com muito açúcar. Procuro ser mais light e faço atividades físicas junto com o meu esposo, a vida é muito curta e com a saúde não pode brincara.
    Falei demais, rsrs.
    A sua torta ficou perfeita, você é muito caprichosa!

    Tenha uma semana abençoada junto a sua família!
    bjs ♥

  5. Olá Gina,
    tive pena de não conseguir fazer. E fico muito contente de saber que você apreciou esta tarte linda!
    Ficou perfeita amiga, e as fotos lindas.
    Nossos gostos vão-se modificando com o tempo e nosso paladar vai-se apurando. E queijo em doces fica maravilhoso :))
    Um beijinho.

  6. Olá, Gina e Camila!
    Vocês estão matadoras com essas receitas deliciosas – sempre vejo todas, mas desde o bolo de laranja e cardamomo até aqui não dá pra dizer qual das suas receitas é a melhor… Ah, tb não quero deixar o tartare de atum de lado, pois adoro um bom peixe – e tartare ou a gente ama ou odeia – e eu amo!

    Parabéns, queridas!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s