17

UM BOLO PARA O OUTONO

Bolo-de-coco

Bolo-de-coco-2

 

Acredito que vocês já ouviram a frase “Outono da Vida”, pois é, ela significa a aproximação da velhice, então quer dizer que no Outono a Natureza também envelhece?

Isso me fez ficar pensando e observando o Outono, esta estação de agora.O sol começa a enfraquecer e os dias se tornam mais frios e cinzentos. As folhas caem das árvores formando lindos tapetes pelo chão. O vento entoa canções desconhecidas e afasta os pássaros para longe e o tempo se reveste de uma tênue tristeza….É um tempo de mudança….

Mas, porque não pensar que se se o sol enfraquece é para que possam se renovar as folhas nas árvores, no lugar das que caíram, e a revoada dos pássaros levados pelas canções do vento para novas paisagens é em busca de novos companheiros. E se o tempo se acinzenta e entristece, talvez seja pelas despedidas ou pela preocupação do novo que virá…….afinal é um tempo de mudança…..

Então porque não aproveitar as tardes mais amenas e usufruir a sua própria companhia, fazendo o Outono em sua vida, afinal  mudança também pode ser renovação e não necessariamente velhice.

Cada estação possui sua própria beleza e  cada idade possui seu próprio encanto. O importante é vive-los intensamente, apreciando cada uma delas em sua plenitude.

E para comemorar a estação do Outono, a estação de perdas e de ganhos, nada melhor que um bolo branco com coco, que reflete a beleza calma, amena, repousante e linda desta estação.

BOLO DE COCO

INGREDIENTES

5 ovos

15 colheres de sopa de açúcar (cheias)

15 colheres de sopa de farinha de trigo

1/2 xícara de chá de manteiga em temperatura ambiente ou derretida e fria

1 colher de sopa rasa de fermento em pó

1 vidro de leite de coco

COBERTURA

1 xícara de chá de açúcar

1/2 xícara de chá de manteiga

1/2 a 1 lata de leite condensado

1 xícara de chá de coco ralado

1 xícara de chá de coco em flocos para cobrir

MODO DE PREPARO

Bater as claras em neve, juntar as gemas uma a uma . Em seguindo ir pondo a manteiga, o açúcar , o leite de coco e a farinha e o fermento . Bater bem e levar  ao forno pré aquecido a 180°, em forma untada e polvilhada por cerca de 35 minutos ou até ao teste do palito. Desenformar e fazer furos com um palito de churrasco fino, em seguida jogar a cobertura e o coco.

Cobertura

Bater tudo muito bem e espalhar por cima do bolo.

Cobrir com o coco em flocos.

Bom Apetite

Gina

Anúncios
12

FROZEN DE IOGURTE E MANGA

P1040737
Hoje em dia, a preocupação de uma boa alimentação aliada a baixas calorias e a beneficios para a saúde é uma realidade.
Então porque não optar por un frozen de iogurte, que nos dá o prazer do doce com uma grande quantidade de nutrientes, dependendo dos ingredientes escolhidos.
Agora cuidado para não torná-lo uma bomba calórica, colocando coberturas e acompanhamentos que desvirtuam sua finalidade, tornando-o não um pouco mas muito calórico.
O gostoso do frozen é poder saboreá-lo sentindo o sabor da fruta natural, pois de uma maneira geral ele é uma sobremesa doce sem muito açúcar, mas que está repleto de sabores e aromas. Além disso, pode ser feito com antecedência e tirado um pouco antes da hora de servir.
Que tal fazer um frozen de iogurte agora e dar asas à imaginação e combinação de sabores…..
Hummmm! de manga e coco….morango….banana com canela… goiaba….abacaxi com hortelã…. chá verde com gengibre…..hummmmmmm!

FROZEN DE IOGURTE E MANGA
( de Jamie Olivier)

INGREDIENTES
1 manga grande cortada em pedaços
250 grs. de iogurte natural
2 colheres de sopa de mel
Suco de 1 limão (usei o siciliano)
4 fls de hortelã
Chocolate amargo ralado ou confeitos a gosto

MODO DE PREPARO
Bater os pedaços de manga no liquidificador ou processador com o mel, o suco de limão, as folhas de hortelã e o iogurte.
Deixar a mistura bem lisa e homogenea. Em seguida colocar em taçãs indivuduais ou em uma só e levar ao freezer pelo minímo por 1 hora.
Antes de servir, retirar e esperar uns minutinhos só para amolecer um pouco. Colocar por cima o chocolate ralado ou os confeitos de chocolate e servir a seguir.

Bom Apetite

Gina

9

MÃE E UM BOLO DE NOZES E MEL

Bolo-de-Nozes-com-mousse-de-doce-de-leite

MÃE E UM BOLO DE NOZES E MEL

Mãe… São três  letras  apenas

As desse nome bendito:
Também o Céu tem três letras…
E nelas cabe o infinito.

Para louvar nossa mãe,
Todo o bem que se disse
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer…

Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do Céu
E apenas menor que Deus!

Mãe (Mário Quintana)

 Que sejam eternas todas as mães, como eterno é o seu amor pelos filhos……

Que sejam cada minuto juntos vividos com a intesidade de uma vida inteira.

Que todos os dias sejam dia das mães, com muita alegria, felicidade e amor.

Desejamos a todas as mães hoje e sempre um FELIZ DIA DAS MÃES

BOLO DE NOZES E MEL

INGREDIENTES

3 xícaras de chá de farinha de trigo

2 xícaras de chá de açúcar

½ xícara de chá de mel

¾ de xícara de chá de óleo

½ xícara de chá de café forte

4 ovos

1 colher de chá de fermento em pó

1 colher de chá de bicarbonato de sódio

15 nozes picadas ou moídas grosseiramente.

RECHEIO E DECORAÇÃO

Opcional.

Eu fiz uma cavidade no meio, em formato de coração e  coloquei  mousse de doce de leite.

Por cima e dos lados, enfeitei com chantilly e confeitos de coração.

Mousse de Doce de leite

500 grs. de doce de leite ( usei o argentino)

2 colheres de sopa de gelatina em pó sem sabor hidratada com 3 colheres de sopa de água.

350 grs. de creme de leite fresco ou em caixinha próprio para chantilly

 

 

MODO DE PREPARO

Bater as claras em ponto de neve.

Untar uma forma com manteiga e polvilhar com farinha.

Bater as gemas com o açúcar muito bem. Depois acrescentar o mel, o óleo, o café. Em seguida pôr a farinha, o fermento e o bicarbonato juntos aos poucos, batendo bem. Finalmente colocar as claras em neve, misturando suavemente.

Colocar na forma e levar ao forno moderado por mais ou menos 35 minutos.

Mousse de Doce de Leite

Hidratar a gelatina.

Bater o creme de leite como para chantilly.

Misturar o doce de leite com a gelatina e em seguida acrescentar  delicadamente o chantilly.

 

 

Bom apetite.

Gina

14

ROMÃ…MAIS QUE UMA FRUTA…UM SIMBOLO

P1040722

ROMÃ… MAIS QUE UMA FRUTA…UM SIMBOLO

Particularmente, adoro romãs, alias tenho duas romãzeiras em minha casa, que dão sempre as boas vindas a todos.

Só há pouco tempo soube de que a Romã não é uma fruta e sim uma infrutescência da romãzeira, pois ela se origina da fecundação de flores, com também são o abacaxi, a amora e o figo, mas mesmo assim continuo achando-a uma fruta deliciosa.

A importância e o simbolismo da Romã é milenar. Na idade média era considerada como um fruto cortês e sanguíneo, aparecendo em contos e fábulas de muitos países. Já era conhecida dos hebreus nos templos bíblicos, tendo uma pintura dela no templo de Salomão.

A romãzeira foi consagrada à deusa Afrodite, pois se acreditava em seus poderes afrodisíacos. Os gregos a consideravam como o símbolo do amor e da fecundidade e era utilizada como oferenda aos deuses, as mulheres a consumiam em eventos religiosos para evocar a fertilidade.  Para os judeus era um símbolo religioso simbolizava a esperança. Para os árabes simbolizava os poderes medicinais de seus frutos.  Já para os chineses a romã era símbolo da longevidade. Na Armênia é símbolo de fertilidade, abundância e casamento. No Irã é símbolo da boa saúde e longa vida.

Ela faz parte até de uma pintura de Botticelli, onde está Nossa Senhora com o Menino Jesus segurando uma romã, como símbolo do amor divino.

 Podemos encontrar dois tipos de romã: a de casca amarela e a vermelha, ela possui propriedades em diversas áreas da saúde. Até o liquido da sua casca fervida em água serve para gargarejo em infecções na garganta.

No Brasil é pouco lembrada e consumida, é mais usada em simpatias, como na época do final do ano, onde se come as sementes para atrair fartura e dinheiro, assim como também no dia de Reis, onde se guarda sementes na carteira para ter dinheiro no bolso no ano todo.

Atualmente um dos mais importantes países produtores de romãs é a Espanha.

Com tantos símbolos e histórias, também tinha que se destacar na nossa culinária, originando inúmeras receitas que resultam não só numa bela aparência, mas principalmente pelas suas  propriedades nutritivas e medicinais, além do seu agradável sabor.

Ah, e a sua cor não lembra, paixão e amor!!!! E as sementes não parecem rubis!!!!

Como não gostar desta “infrutescência”, façam este bolo e depois me digam se não estou certa. Mas como nada é perfeito, descascá-la é que é o desafio, principalmente sem tingir as mãos.

BOLO DE ROMÃ

Adaptado de diversas receitas da internet

Inspirado pela receita, da minha querida e doce amiga Ginja de Ananás e Hortelã.

INGREDIENTES

2 ovos

8 colheres de sopa de suco de romã

1 xícara de chá de buttermilk *

100 grs. de manteiga derretida e em temperatura ambiente

2/3 xícaras de chá de açúcar mascavo

½ xícara de chá de mel ou açúcar refinado

3 xícaras de chá de farinha de trigo com fermento

1 colher de chá de gengibre em pó

¼ colher de chá de cardamomo em pó

1 ½ colher de chá de bicarbonato de sódio

Calda

 4 colheres de sopa de açúcar

1 xícara de chá de suco de romã

1 colher de sobremesa rasa de amido de milho ( se houver necessidade )

MODO DE PREPARO

Tirar as sementes das romãs e reduzir a suco, deixar alguns grãos para enfeitar a calda.

Bater bem os ovos com a manteiga derretida, acrescentar o buttermilk e as 8 colheres do suco de romã. Em seguida pôr o açúcar, o mel, o cardamomo, o gengibre, batendo a cada adição. Finalmente acrescentar a farinha de trigo e o bicarbonato, mexendo bem sem bater.

Colocar em forma untada e enfarinhada e levar ao forno a 180° por aproximadamente 40 minutos ou até ao teste do palito.

Depois de desenformado,furar com um palito e jogar a calda por cima.

Calda

Levar ao fogo o suco das romãs com o açúcar e deixar ferver até quase reduzir à metade. Se a calda ficar muito rala ( vai depender das romãs), acrescentar o amido de milho e deixar ferver mais um pouco até à consistência desejada.

 * Buttermilk: em 1 xícara de chá de leite, colocar 1 a 2 colheres de sopa de suco de limão e deixar por 15 minutos.

OBS: Para descascar a romã, eu rolo ela primeiramente pela bancada, amaciando-a um pouco. Depois ainda sem abrir e com uma colher eu dou-lhe uma “surra”, batendo com vontade,( rsrs esta hora é boa para descarregar qualquer raiva contida). Depois abro-a ao meio e a coloco em uma vasilha rasa e vou batendo mais com a colher até soltar todos os grãos. Às vezes ajudo tirando um pouco com uma colherzinha.

Mas, se alguém conhecer outro método mais fácil e rápido, por favor me avise.

Bom apetite

 

Gina