ROMÃ…MAIS QUE UMA FRUTA…UM SIMBOLO

P1040722

ROMÃ… MAIS QUE UMA FRUTA…UM SIMBOLO

Particularmente, adoro romãs, alias tenho duas romãzeiras em minha casa, que dão sempre as boas vindas a todos.

Só há pouco tempo soube de que a Romã não é uma fruta e sim uma infrutescência da romãzeira, pois ela se origina da fecundação de flores, com também são o abacaxi, a amora e o figo, mas mesmo assim continuo achando-a uma fruta deliciosa.

A importância e o simbolismo da Romã é milenar. Na idade média era considerada como um fruto cortês e sanguíneo, aparecendo em contos e fábulas de muitos países. Já era conhecida dos hebreus nos templos bíblicos, tendo uma pintura dela no templo de Salomão.

A romãzeira foi consagrada à deusa Afrodite, pois se acreditava em seus poderes afrodisíacos. Os gregos a consideravam como o símbolo do amor e da fecundidade e era utilizada como oferenda aos deuses, as mulheres a consumiam em eventos religiosos para evocar a fertilidade.  Para os judeus era um símbolo religioso simbolizava a esperança. Para os árabes simbolizava os poderes medicinais de seus frutos.  Já para os chineses a romã era símbolo da longevidade. Na Armênia é símbolo de fertilidade, abundância e casamento. No Irã é símbolo da boa saúde e longa vida.

Ela faz parte até de uma pintura de Botticelli, onde está Nossa Senhora com o Menino Jesus segurando uma romã, como símbolo do amor divino.

 Podemos encontrar dois tipos de romã: a de casca amarela e a vermelha, ela possui propriedades em diversas áreas da saúde. Até o liquido da sua casca fervida em água serve para gargarejo em infecções na garganta.

No Brasil é pouco lembrada e consumida, é mais usada em simpatias, como na época do final do ano, onde se come as sementes para atrair fartura e dinheiro, assim como também no dia de Reis, onde se guarda sementes na carteira para ter dinheiro no bolso no ano todo.

Atualmente um dos mais importantes países produtores de romãs é a Espanha.

Com tantos símbolos e histórias, também tinha que se destacar na nossa culinária, originando inúmeras receitas que resultam não só numa bela aparência, mas principalmente pelas suas  propriedades nutritivas e medicinais, além do seu agradável sabor.

Ah, e a sua cor não lembra, paixão e amor!!!! E as sementes não parecem rubis!!!!

Como não gostar desta “infrutescência”, façam este bolo e depois me digam se não estou certa. Mas como nada é perfeito, descascá-la é que é o desafio, principalmente sem tingir as mãos.

BOLO DE ROMÃ

Adaptado de diversas receitas da internet

Inspirado pela receita, da minha querida e doce amiga Ginja de Ananás e Hortelã.

INGREDIENTES

2 ovos

8 colheres de sopa de suco de romã

1 xícara de chá de buttermilk *

100 grs. de manteiga derretida e em temperatura ambiente

2/3 xícaras de chá de açúcar mascavo

½ xícara de chá de mel ou açúcar refinado

3 xícaras de chá de farinha de trigo com fermento

1 colher de chá de gengibre em pó

¼ colher de chá de cardamomo em pó

1 ½ colher de chá de bicarbonato de sódio

Calda

 4 colheres de sopa de açúcar

1 xícara de chá de suco de romã

1 colher de sobremesa rasa de amido de milho ( se houver necessidade )

MODO DE PREPARO

Tirar as sementes das romãs e reduzir a suco, deixar alguns grãos para enfeitar a calda.

Bater bem os ovos com a manteiga derretida, acrescentar o buttermilk e as 8 colheres do suco de romã. Em seguida pôr o açúcar, o mel, o cardamomo, o gengibre, batendo a cada adição. Finalmente acrescentar a farinha de trigo e o bicarbonato, mexendo bem sem bater.

Colocar em forma untada e enfarinhada e levar ao forno a 180° por aproximadamente 40 minutos ou até ao teste do palito.

Depois de desenformado,furar com um palito e jogar a calda por cima.

Calda

Levar ao fogo o suco das romãs com o açúcar e deixar ferver até quase reduzir à metade. Se a calda ficar muito rala ( vai depender das romãs), acrescentar o amido de milho e deixar ferver mais um pouco até à consistência desejada.

 * Buttermilk: em 1 xícara de chá de leite, colocar 1 a 2 colheres de sopa de suco de limão e deixar por 15 minutos.

OBS: Para descascar a romã, eu rolo ela primeiramente pela bancada, amaciando-a um pouco. Depois ainda sem abrir e com uma colher eu dou-lhe uma “surra”, batendo com vontade,( rsrs esta hora é boa para descarregar qualquer raiva contida). Depois abro-a ao meio e a coloco em uma vasilha rasa e vou batendo mais com a colher até soltar todos os grãos. Às vezes ajudo tirando um pouco com uma colherzinha.

Mas, se alguém conhecer outro método mais fácil e rápido, por favor me avise.

Bom apetite

 

Gina

Anúncios

14 comentários sobre “ROMÃ…MAIS QUE UMA FRUTA…UM SIMBOLO

  1. Bom dia Gina,
    Muito interessante o texto, gostei muito de conhecer melhor a romã e quanto ao bolo ficou muito lindo e saboroso, perfeito para acompanhar um chá ou cafezinho.
    Beijo, bom final de semana,
    Vânia

  2. Bom dia querida Gina!
    Ontem eu não consegui entrar nessa postagem, pois não visualizava.
    Texto super esclarecedor amei!
    Seu bolo ficou lindo e bem apetitoso, romã é tudo de bom mesmo!

    Beijos, ótimo fds, junto a sua família!

  3. Ah, que maravilha!!!

    Minha amiga, eu gostaria bem de experimentar um bolo tão delicioso assim, uma pena é que achar romã por aqui é duro viu? custa caro pra chuchu no mercado, e quem tinha no quintal não tem mais…que pena, eu adoro romã!

    Ficou lindão seu bolo, e a aula é sempre bem vinda, pois aprender é sempre muito bom!

  4. Gina querida, que lindooo, deve ser delicioso.
    O patê de abobrinha bombou na festa do maridão a semana passada… ja faz parte do nosso cardápio de tão bom que é.
    Beijo grande, bom final de semana.

  5. Querida Gina, adoro romãs, e vc usa a técnica certa para retirar os grãos, eu faço assim, desde que aprendi nesse video dê uma olhada
    http://www.myspace.com/video/vid/48099680
    Não sabia que a romã era afrodisíaca hehe. Adorei seu bolo, ficou bem tentador, e com essa calda maravilhosa, com certeza fez muito sucesso. Gostei muito. Beijinhos, ótimo final de semana

  6. Querida Gina!
    Fico tão feliz que se tenha inspirado no meu bolinho de romã e especiarias.
    Ficou lindo!! A calda perfeita escorrendo, uma delícia para os olhos amiga.
    Eu adoro romã 🙂 A cor dos bagos e do sumo, perfeita, cor da paixão.
    Eu uso a mesma técnica para retirar os bagos, adoro dar uma surra rs rs rs na danadinha da romã (adorei sua expressão!).
    Adorei seu post querida.
    Um beijinho enorme.

  7. Gina querida,

    Aqui por casa só eu e o marido gostamos de romã, a filhota ou a “esquisitinha da silva” (como lhe chamo) não quer !
    Não quer sequer provar, acha normal ? eh eh eh
    Adolescentes ! Um dia vai ver o que tem perdido ! :)))

    Adorei saber mais acerca da romã através deste seu texto muito informativo e esclarecedor e adorei o seu bolo ! 🙂
    Ficou uma tentação de facto, com a calda a inundar cada poro do bolinho para que fique húmido e delicioso, tal como a foto mostra ! Lindo e delicioso !

    Adorei amiga, é um bolo para comer e nunca mais esquecer ! 🙂

    E sim, também faço como você faz para tirar as sementes da romã, tem é que ser num dia em que esteja bem stressada ! eh eh eh

    Beijoquinhas para Si e para o seu menino também ! 🙂

  8. Querida Gina
    Romã lembra a minha infância, pois tinha uma linda árvore na casa da minha avó. Ela “debulhava” essa fruta para mim e colocava num copo, pronta para ser devorada:)
    Teu post ficou muito interessante. Ah, Botticelli é um dos meus pintores preferidos!
    Adorei teu bolo e imagino como ficou gostoso com todas essas espécies!
    Um grande abraço
    Léia

  9. Saudades amiga!!!!!!!!!!!!!

    Estou voltando, mas ainda esperando a solução total do problema com a internet, segundo eles causado pelo temporal que caiu aqui no RJ de domingo p/segunda.

    Gina querida, eu tenho uma casa que tem um pé de romã, mas nascem tão pequenos que nem aproveito.
    Acho que é pq a casa fica fechada e as plantas sentem falta de vida…
    Adoraria provar uma fatia dessa delícia, o suco usado vc tirou da fruta ou já existe industrializado?
    Bjssssssssssss querida e obrigada pelo carinho

  10. Querida Dinha
    Adoro plantas, arvores, converso com elas.Tenho uma casa no interior de São Paulo, que é o meu refúgio, meu Paraiso….É mexendo nelas, cuidando delas, embora tenha uma pessoa que faz isso, todo o fim de semana fico ansiosa para ver como estão, e elas me retribuem com frutos e flores….E olha não é uma chácara é um condominio com bastante espaço.
    O suco eu faço da fruta, bato as sementes com um pouquinho de água e depois passo numa peneira bem fina.Às vezes tiro
    20 romãs de uma só vez e faço muito suco de romã com hortelã ou canela e água de coco.]
    Beijinhos e um fim de semana cheio de carinho e muito amor.

  11. Há muito que não passo por aqui e peço desculpa ,geralmente quando comento vou ao painel o este blog não aparece lá.
    Hoje estou a fazer de outra maneira e aqui estou,vou ver se apareço mais vezes.
    Adoro romã e nunca usei em bolos ,mas acho que ia gostar,
    Este ficou uma delicia.
    Bom fim de semana
    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s